Uniandes
Funes
Ministerio de Educacion
Funes

Do traçado de cidades imaginárias ao estudo da geometria analítica: o êxito de uma aventura no desconhecido

Montoito, Rafael; Mello, Adriani (2012). Do traçado de cidades imaginárias ao estudo da geometria analítica: o êxito de uma aventura no desconhecido. En SEMUR, Sociedad de Educación Matemática Uruguaya (Ed.), Actas del 4° Congreso Uruguayo de Educación Matemática (pp. 201-207). Montevideo: Sociedad de Educación Matemática Uruguaya.

[img]
Vista Previa
PDF - Versión Publicada
Disponible bajo la licencia Creative Commons No Comercial Sin Derivar.

6Mb

URL Oficial: https://curem.semur.edu.uy/

Resumen

Utilizando a teoria da linguagem de Wittgenstein, para quem o uso da linguagem emerge da cultura e, por isso, seu significado só pode ser entendido pelo uso no interior de algum contexto cultural, propusemos para uma turma do curso de edificações (construciones) que construíssem cidades imaginárias utilizando jogos de computador ou programas gráficos. Divididos em sete grupos, os alunos pesquisaram a existência de tipos diferentes de cidades reais (Cidade Medieval, Cidade Balneário, Capital Administrativa, Centro Cultural, Cidade Universitária, Vila Esportiva e Cidade Futurista) e cada grupo criou sua cidade, apresentando e preservando as principais características daquela pesquisada; posteriormente, na apresentação para a turma, o grupo deveria mostrar qual ponto haviam escolhido para ser o marco zero da cidade e destacar três prédios (ou praças, monumentos etc) principais. Na fase seguinte, pediuse que cada grupo tomasse uma vista aérea da sua cidade, sobre a qual seria posto um plano cartesiano com a origem no marco zero antes escolhido. A partir daí, trabalhouse conteúdos de geometria analítica, como o menor traçado entre dois prédios, a posição relativa entre duas ruas, a área dos terrenos etc. Percebeu-se que, como os alunos estavam trabalhando com objetos relativos ao seu curso, o interesse aumentou consideravelmente.

Tipo de Registro:Contribución a Actas de Congreso
Términos clave:13. Matemáticas escolares > Geometría > Geometría analítica
06. Aprendizaje > Aspectos afectivos > Motivación
10. Otras nociones de Educación Matemática > Fenomenología didáctica > Contextos
03. Aula > Recursos didácticos > Recursos informáticos > Software
12. Investigación e innovación en Educación Matemática > Marcos teóricos > Teorías de aprendizaje > Situado sociocultural
Nivel Educativo:Educación Secundaria Media (17 y 18 años)
Código ID:17685
Depositado Por:Monitor Funes 3
Depositado En:11 Jun 2020 10:31
Fecha de Modificación Más Reciente:11 Jun 2020 10:31
Valoración:

Personal del repositorio solamente: página de control del documento


Comentarios

Agregar Comentario