Uniandes
Funes
Ministerio de Educacion
Funes

Características distintas da história da matemática e da educação matemática em países da América Latina

D´Ambrosio, Ubiratan (2015). Características distintas da história da matemática e da educação matemática em países da América Latina. En Chaquiam, Miguel; Mendes, Iran Abreu; Valente, Wagner (Eds.), III Congresso Ibero-Americano História da Educação Matemática (pp. 26-45). Belém, Brasil: Anais.

[img]
Vista Previa
PDF - Versión Publicada
Disponible bajo la licencia Creative Commons No Comercial Sin Derivar.

364Kb

Resumen

A História da Matemática na América Latina desenvolveu-se com características distintas. O modelo de colonização espanhola diferiu muito do modelo português. Nota-se muito essa diferença nas guerras de independência das colônias espanholas. A existência de universidades e de pesquisa nas colônias espanholas teve como resultado, após a independência, medidas visando o desenvolvimento das ciências e da matemática sobre bases de um processo já em andamento. O ideário republicano dominou a independência das colônias espanholas. Serão estudados casos específicos. Particularmente importante foi a situação da Argentina. Após a independência, a República Argentina passou por um momento de grande vitalidade cultural. Desde o século XIX a Argentina vinha recebendo uma sadia influência européia e as suas instituições de ensino superior contavam com docentes de primeira grandeza. Evidência disto é que em 1872 foi fundada a Sociedad Científica Argentina, instituição exemplar e de vanguarda na ciência da América Latina, uma das mais importantes instituições científicas fora da Europa. O grande desenvolvimento científico na Argentina, sobretudo nas ciências matemáticas, físicas e astronômicas, despertava interesse na Europa e missões europeias buscaram o país. Particularmente importante foi o interesse da Alemanha em estabelecer um observatório astronômico em La Plata, o que efetivamente se concretizou, e que foi seguido de missões norte-americanas com o mesmo objetivo. Houve também um bom desenvolvimento no Chile, onde a cooperação com a Alemanha foi significativa. No final do século XIX, cerca de uma dezena de matemáticos alemães foram contratados para lecionar naquele país. O ambiente científico argentino, beneficiado com a grande atenção da Alemanha e, posteriormente, com a chegada de Júlio Rey Pastor, tornou-se dos mais estimulantes da América Latina. Isto foi particularmente importante para o Uruguai e para outros países da América Latina.

Tipo de Registro:Contribución a Actas de Congreso
Términos clave:11. Educación Matemática y otras disciplinas > Historia de la Educación Matemática
05. Profesor > Formación de profesores > Otro (formación de profesores)
05. Profesor > El papel del profesor
Nivel Educativo:Título de grado universitario
Código ID:22560
Depositado Por:Monitor Funes 3
Depositado En:04 Ago 2021 23:31
Fecha de Modificación Más Reciente:04 Ago 2021 23:31
Valoración:

Personal del repositorio solamente: página de control del documento


Comentarios

Agregar Comentario