Uniandes
Funes
Ministerio de Educacion
Funes

Os desafios da formação inicial de estudantes indígenas brasileiros em tempos de pandemia

Pereira, Elisangela Aparecida; Ribeiro, Gerson; Peres, Mario; Ortiz, Plínio; Ixynoa, Railton (2020). Os desafios da formação inicial de estudantes indígenas brasileiros em tempos de pandemia. Revista Latinoamericana de Etnomatemática: Perspectivas Socioculturales de la Educación Matemática, 13(1), pp. 215-235 .

[img]
Vista Previa
PDF - Versión Publicada
Disponible bajo la licencia Creative Commons No Comercial Sin Derivar.

247Kb

URL Oficial: http://www.etnomatematica.org/revista.php

Resumen

Em tempos atuais, a calamidade pela qual passa a humanidade em meio à pandemia causada pela Covid- 19 acarretou o isolamento social, impactando principalmente a área da Educação, por meio da suspensão das atividades disciplinares presenciais nas escolas e universidades brasileiras. Surgiram então alguns obstáculos, como as dificuldades enfrentadas pelos estudantes quanto ao acesso à estrutura mínima para a participação nas aulas por meio das Tecnologias de Informação e Comunicação. É nesse contexto que o presente estudo se pauta para refletir sobre como os indígenas do curso de Licenciatura em Matemática da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e do curso de Licenciatura em Formação de Professores Indígenas da Universidade Federal do Amazonas (UFAM) vêm desenvolvendo suas atividades acadêmicas e de pesquisa em tempos obscuros. Nesse sentido, tomamos como ponto de partida a seguinte indagação: Qual o impacto da pandemia causada pela Covid-19 no processo de formação inicial dos estudantes indígenas em cursos de Licenciatura Intercultural e em Matemática nos estados do Amazonas e do Tocantins? Para tanto, objetivamos conhecer os modos de estudo e de pesquisa dos estudantes indígenas em cursos de Licenciatura intercultural e em Matemática em meio à suspensão das aulas presenciais. O estudo possui abordagem qualitativa pautada na pesquisa etnográfica, para o qual foram recolhidas e analisadas narrativas de formação dos partícipes da pesquisa – estudantes indígenas do povo Xambioá/TO/Brasil, Kokama/AM/Brasil e Baniwa/AM/Brasil, via Diagnóstico Sociocultural de Futuros Professores Indígenas de Matemática. Nossas considerações reflexivas destacam que, mesmo vivendo em distintos lugares com distintas culturas e visão holística de mundo próprias, esses povos indígenas apresentam uma unidade quanto à força e à vontade de conquistar seu espaço e buscar uma formação pautada na postura crítica, investigativa e reflexiva, mesmo diante das situações adversas nas quais vivem em tempos não só de obscurantismo das políticas públicas, mas, sobretudo provenientes da pandemia.

Tipo de Registro:Artículo
Términos clave:12. Investigación e innovación en Educación Matemática > Marcos teóricos > Etnomatemática
07. Enseñanza > Tipos de enseñanza > A distancia
05. Profesor > Formación de profesores > Inicial
04. Alumno > Diversidad > Origen étnico-raza
Nivel Educativo:Título de grado universitario
Código ID:25981
Depositado Por:Monitor Funes 1
Depositado En:02 Abr 2022 20:05
Fecha de Modificación Más Reciente:23 May 2022 18:38
Valoración:

Personal del repositorio solamente: página de control del documento


Comentarios

Agregar Comentario