Uniandes
Funes
Ministerio de Educacion
Funes

Caracterizando e analisando insubordinações criativas e reativas em designs educacionais e ambientes de aprendizagem

Queiroz, Maria Rachel Pinheiro Pessoa Pinto de (2019). Caracterizando e analisando insubordinações criativas e reativas em designs educacionais e ambientes de aprendizagem. Revista Internacional de Pesquisa em Educação Matemática, 9(3), pp. 68-83 .

[img]
Vista Previa
PDF - Versión Publicada
Disponible bajo la licencia Creative Commons No Comercial Sin Derivar.

728Kb

URL Oficial: http://sbem.iuri0094.hospedagemdesites.ws/revista/...

Resumen

Neste ensaio teórico, utilizo ideias que emergiram de um design insubordinado no Ensino de Matemática Financeira no intuito de inspirar possíveis ideias pedagógicas em outras disciplinas e níveis de ensino de Matemática. Analiso formas de insubordinação que classifiquei como reativas ou criativas em ações nas quais emergem debates sócio-críticos. A ideia de insubordinação reativa não pressupõe uma ação não criativa. Pelo contrário, considerando que ações desse tipo são um convite para se mover de ambientes educacionais tradicionais estabelecidos para ambientes questionadores, que consideram contextos, por si só, já representam uma ideia de criatividade. Esta classificação é assumida no intuito de focar no próprio movimento de reação a designs educacionais materializados. Também, compreendo que as insubordinações criativas são essencialmente reativas, pelo fato de representarem subversões a formas tradicionais de ensino, porém, foram assim classificadas, no intuito de caracterizar ambientes de aprendizagem que são originalmente investigativos, portanto, emergentes e que consideram situações reais em contextos locais. Finalmente, sugiro maneiras de caracterizar essas insubordinações, entrelaçando-as com o conceito de design educacional elaborado por Wenger (1998) e com os ambientes de aprendizagem propostos por Skovsmose (2000), bem como, analiso como práticas localizadas nesses ambientes podem proporcionar ou restringir ações insubordinadas.

Tipo de Registro:Artículo
Términos clave:07. Enseñanza > Planificación del profesor > Metodología de enseñanza > Metodología de trabajo en el aula
07. Enseñanza > Planificación del profesor > Metodología de enseñanza > Análisis y reflexión sobre la enseñanza
10. Otras nociones de Educación Matemática > Fenomenología didáctica > Contextos
10. Otras nociones de Educación Matemática > Fenomenología didáctica > Situaciones
11. Educación Matemática y otras disciplinas > Educación Matemática desde otras disciplinas
Nivel Educativo:Educación Secundaria Media (17 y 18 años)
Educación Secundaria Básica (13-16 años)
Educación Primaria (7-12 años)
Código ID:27478
Depositado Por:Monitor Funes 2
Depositado En:02 Jul 2022 18:24
Fecha de Modificación Más Reciente:02 Jul 2022 18:24
Valoración:

Personal del repositorio solamente: página de control del documento


Comentarios

Agregar Comentario