Uniandes
Funes
Ministerio de Educacion
Funes

A Iniciação à educação científica e compreensão dos fenômenos científicos: a função das atividades informais

Dalcin, Rodrigo; Rohde, Luiz Fernando; França, Denise Wesphal; Fonseca, Verônica Nóbrega; Robaina, José Vicente Lima; Oaigen, Edson Roberto (2005). A Iniciação à educação científica e compreensão dos fenômenos científicos: a função das atividades informais. Amazónia: Revista de educação em ciências e matemáticas, 1(1), pp. 1-10 .

[img]
Vista Previa
PDF - Versión Publicada
Disponible bajo la licencia Creative Commons No Comercial Sin Derivar.

1079Kb

URL Oficial: https://periodicos.ufpa.br/index.php/revistaamazon...

Resumen

A pesquisa buscou avaliar o desenvolvimento de atividades de iniciação científica pelos alunos do ensino básico em função da formação integral, pois sentem-se motivados a vivenciar processos cognitivos que resultam na produção e/ou recordação de conhecimento. Tais processos são uma estratégia importante na construção do conhecimento significativo. Os processos de ensino informal (extraclasse e não-formal) trabalham em espaços educacionais ou fora deles, ensinando e contribuindo com a educação fora dos limites da sala de aula, local planejado, em horários diversos e com experiências que possibilitarão maior crescimento e criatividade. Instigados pela proposta de ensino, os alunos aceitam a provocação e o envolvimento com a vontade e curiosidade do aprender interagindo. A realização de trabalhos investigativos, bem como a sua exposição em público, possibilita que “os jovens” pesquisadores adquiram capacidade do comunicação, de intercâmbio e construam novas concepções sobre o conhecimento de várias disciplinas, o que lhes permite uma visão de um mundo mais integrado e menos compartimentalizado. Neste processo, a incorporação de informações, conhecimentos já elaborados, técnicas e teorias é necessária para penetrar o desvelamento da realidade, porém sempre considerando estes elementos a partir das necessidades e não ao contrário. O diálogo entre a necessidade de conhecer e a utilização dos instrumentos teóricos e práticos é dialético, no qual nenhum dos polos desse impasse domina o outro. Nem o cotidiano pode se conhecer a partir do si mesmo, nem os instrumentos teórico-práticos podem conhecer o cotidiano sem partir do desejo e da vontade da própria comunidade para se conhecer e para se recriar.

Tipo de Registro:Artículo
Términos clave:06. Aprendizaje > Aspectos afectivos > Motivación
10. Otras nociones de Educación Matemática > Otro (otras nociones de educación matemática)
07. Enseñanza > Planificación del profesor > Metodología de enseñanza > Trabajo de los estudiantes fuera del aula
11. Educación Matemática y otras disciplinas > Educación Matemática desde otras disciplinas
Nivel Educativo:Educación Primaria (7-12 años)
Código ID:29000
Depositado Por:Monitor Funes 4
Depositado En:24 May 2022 16:08
Fecha de Modificación Más Reciente:24 May 2022 16:08
Valoración:

Personal del repositorio solamente: página de control del documento


Comentarios

Agregar Comentario